fbpx

Hipnose boa e Hipnose ruim: As diferenças + 3 dicas

Por Equipe HPVB em

Hipnose boa e Hipnose ruim: As diferenças + 3 dicas

Nesta matéria você vai descobrir o que é Hipnose boa e Hipnose ruim, bem como aprender como essa diferença importante pode ser usada a seu favor

Hipnose boa e Hipnose ruim: As diferenças + 3 dicas

Caso você ainda não saiba, o tempo da Hipnose mística esta cada vez mais ficando para trás, o entendimento dessa área tão fascinante hoje é outro.

Leia aqui se você quer saber mais profundamente o que é a Hipnose na atualidade.

Apesar do mais recomendado para entender o que é Hipnose boa e Hipnose ruim ser primeiro ter um conhecimento mais aprofundado na Hipnose, por isso a sugestão da matéria acima, nada impede que você assimile diretamente essa diferença.

De todo modo, vamos brevemente explicar a Hipnose para facilitar seu aprendizado.


O que é Hipnose?

Primeiramente, Hipnose é uma ação, por isso a expressão, fazer Hipnose.

Mas o que é essa ação chamada de Hipnose?

Veja a definição de Hipnose em seguida:


Hipnose é a utilização da comunicação para alterar a percepção e o comportamento.


Devido a sua grande aplicabilidade nas mais diversas áreas, a Hipnose é hoje um grande campo do conhecimento, uma vasta área de estudo que analisa as características da comunicação e seus efeitos na percepção, bem como no comportamento de pessoas e organizações.

Talvez você conheça a Hipnose aplicada a terapias ou até mesmo a de entretenimento, acesse aqui para conhecer as diversas áreas de aplicação da Hipnose.

A Hipnose também já esteve presente em diversos mitos do imaginário das pessoas, mitos estes que já foram desmistificados.

Veja aqui os mitos da Hipnose.

O que muita gente não sabe é que a Hipnose está presente em nossa vida desde que nascemos, fazendo parte de nosso aprendizado bem como do desenvolvimento de nossa personalidade.

Fomos hipnotizados por nossos professores, pais, e até mesmo você foi hipnotizado pelo seu interesse para chegar nessa matéria, bem como para estar lendo até aqui.

Isso é novidade para você?

Então vem com a gente que você vai entender as duas formas que somos hipnotizados ao longo de nossas vidas.


O que é uma Hipnose boa

Hipnose boa e Hipnose ruim: As diferenças + 3 dicas

As Hipnoses boas são aquelas que favorecem as pessoas que passam por elas.

Ou seja, que por meio da Hipnose tiveram vantagens em sua vida de alguma forma, seja aumentando sua qualidade de vida, saúde, performance, etc.

Ou seja, se você juntar a definição de Hipnose com a ideia de uma Hipnose que favorece o individuo podemos trazer uma definição de uma Hipnose boa com facilidade.

Definição de Hipnoses boas:


Hipnoses boas são comunicações que alteram a percepção dos receptores de modo que tenham uma mudança de sentimento e comportamento que os favoreça.


Enquanto Hipnoses ruins podem trazer ansiedade, problemas de saúde, comportamentos indesejados e etc, as Hipnoses boas trazem benefícios.

Veja em seguida a 5 exemplos de Hipnoses boas que provavelmente foram feitas com você:

  1. A televisão já te hipnotizou por meio de filmes te oferecendo risadas;
  2. Teus professores e pais o hipnotizaram para aprender a falar e escrever;
  3. Você foi hipnotizado pelo seu interesse e por isso está lendo essa matéria;
  4. Seu médico já te hipnotizou para seguir algum tratamento e você fez o que ele falou em busca de melhorar a sua saúde.
  5. Você foi hipnotizado pelas placas de trânsito que guiaram seu comportamento de um modo adequado para uma direção segura.

Como você pode ver, não somos hipnotizados apenas por pessoas, as experiências têm grande potencial hipnótico como foi demonstrado em nossa matéria sobre a Hipnose na autoestima.

Além disso, lembre que muitas vezes o seu comportamento pode ser alterado devido a uma auto-hipnose, o que inclusive é cada vez mais usado por quem busca maior desempenho, atletas, empresários e estudantes são exemplos disso.


Hipnose de entretenimento – Uma curiosidade

A Hipnose de entretenimento é aquela que tem o objetivo de entreter quem passa pela Hipnose, quem faz e inclusive um possível expectador, como é o caso dos shows de Hipnose.

Mas afinal, a Hipnose de entretenimento é uma hipnose boa ou ruim?

A menos que seja uma pessoa mal-intencionada ou que algo tenha dado errado, em tese, ninguém tem o objetivo de fazer uma Hipnose ruim com você.

Por exemplo:

  • O médico de Maria a hipnotizou para tomar um medicamento, entretanto, ela teve um efeito adverso ao remédio e precisou ir ao hospital.

Repare que o médico não tinha interesse em prejudicar a Maria, o que ocorreu foi um efeito inesperado ao medicamento, porém, neste caso, mesmo não sendo intencional, foi uma Hipnose ruim, que levou Maria a essa experiência de risco sua vida.

Ou seja, se uma pessoa decide ser hipnotizada com o objetivo de se entreter e se divertir, a Hipnose será boa se oferecer esse resultado.

Então a resposta para pergunta Hipnose de entretenimento é uma Hipnose boa ou ruim é simples.

A Hipnose de entretenimento é boa se atingir seu objetivo de entreter e será ruim se oferecer uma experiência desagradável ao invés disso.

Veja este exemplo em seguida:

  • Uma rotina de Hipnose de entretenimento popular no Brasil é fazer com que o hipnotizado veja as pessoas a seu redor peladas, mesmo estando com roupas.

Muitas pessoas passam por essa experiência e se divertem rindo muito, entretanto, outras se sentem constrangidas e não gostam.

Sendo assim, o que define se a Hipnose é boa ou ruim não é a Hipnose em si, o que define é o seu resultado, se gostou é porque foi boa, se não gostou foi ruim, simples assim.


O que é uma Hipnose ruim

Hipnose boa e Hipnose ruim: As diferenças + 3 dicas

As hipnoses ruins são muito mais comuns do que imaginamos, por desconhecer a hipnose, muitas pessoas acabam se auto-hipnotizando negativamente.

Além disso, mesmo sem intenção, figuras de autoridade como pais, professores e patrões acabam gerando Hipnoses ruins em outras pessoas.

Inclusive, especialistas em Hipnose afirmam que grande parte de seus atendimentos são compostos de indivíduos que foram hipnotizados negativamente e se encontram presos nestas hipnoses ruins.

Nestes casos o trabalho do profissional da Hipnose envolve ajudar essas pessoas a se libertarem dessas Hipnoses ruins.

Para exemplificar como isso ocorre, primeiro vamos definir o que é uma Hipnose ruim.

O que é muito simples, afinal ela é o oposto da boa, veja sua definição em seguida:


Hipnoses ruins são comunicações que alteram a percepção dos receptores de modo que tenham uma mudança de sentimento e comportamento que os desfavoreça.


As Hipnoses ruins podem ser mais prejudiciais ou menos, ou seja, tem sua intensidade variável, além disso, pode ser uma Hipnose que se retroalimenta, mantendo seu efeito negativo, ou uma Hipnose de prazo curto, tendo seu efeito encerrado após sua ação.

Veja em seguida 3 exemplos de Hipnoses ruins, provavelmente você já foi vítima de alguma delas:


1ª A experiência da Hipnose negativa traumática


  • Certo dia, Maria estava na sala de aula e foi chamada para apresentar um trabalho a toda turma, em certo momento ela confundiu uma palavra e toda turma começou a rir dela.

    Neste momento Maria começou a se sentir muito nervosa com a situação, sua respiração ficou ofegante e seu coração acelerou.

    Mesmo assim Maria terminou sua apresentação, porém, agora com medo de se apresentar novamente, além disso, um pensamento ficou em sua cabeça: “eu tenho medo de me apresentar”

    A Hipnose foi feita, a comunicação dessa experiência alterou a percepção de Maria de modo a se pensar incapaz.

    Desde então seu comportamento foi alterado, agora, sempre que possível ela evita se apresentar e quando não tem como, sofre por antecedência, sua frio, respiração acelera e tem o famoso “branco” a impedindo de se recordar das palavras.

Este caso de Maria é uma Hipnose que se retroalimenta, a cada vez que Maria precisa se apresentar e sofre com isso, ela tem sua percepção de ser incapaz reforçada, mantendo a Hipnose estabelecida.


2ª A Hipnose do vendedor


Essa Hipnose negativa é realmente popular, imaginamos que muitas pessoas já passaram por ela.

  • Mateus estava andando pelo centro de sua cidade, de repente viu uma loja nova que abriu. Apesar de não estar precisando comprar nada, Mateus entra na loja movido por sua curiosidade.

    Após entrar na loja Mateus é atendido por um vendedor experiente, que com técnicas de PNL e movido por seu grande desejo de ganhar comissões, leva Mateus a comprar um produto.

    O vendedor alterou a percepção de Mateus o levando a formar a percepção que precisava do que ele oferecia, dessa forma seu comportamento foi alterado o levando a efetuar a compra.

    Após chegar em casa e conversar com sua esposa, o efeito da Hipnose foi passando, Mateus percebeu que gastou seu valioso dinheiro com algo que nunca precisou de verdade.

3ª Auto-hipnose negativa

Este exemplo mostra de forma clara como podemos muitas vezes estar nos auto sabotando por meio da Hipnose.

  • Cristina estava infeliz com seu trabalho, um dia ao voltar para casa decidiu comprar uma barra de chocolate para ver se conseguia se animar ou mesmo amenizar sua tristeza.

    Enquanto ia comendo o chocolate assistindo televisão, o açúcar começou a fazer seu efeito, elevando os níveis de dopamina no organismo e trazendo uma sensação de felicidade.

    Neste momento, a percepção de Cristina foi alterada, ela percebeu que ao comer um doce as emoções ruins que sentia eram muito aliviadas.

    Essa alteração da percepção trouxe um novo comportamento a vida de Cristina, desde então, ao voltar do trabalho ela compra chocolate, doce de leite, sorvete, descontando sua tristeza em doses e mais doses de açúcar.

    Com o tempo o açúcar já não elevava mais a dopamina de Cristina da mesma forma, que agora, além de continuar sem saber lidar com suas emoções, enfrenta sobrepeso e diabetes.

Perceba que essa auto-hipnose negativa sofrida por Cristina não foi intencional, ela apenas não soube o que estava fazendo.

Com um apoio qualificado e conhecimento, todas essas Hipnoses ruins podem ser superadas e evitadas.


Hipnose boa e Hipnose ruim – Como usar isso a seu favor

Hipnose boa e Hipnose ruim: As diferenças + 3 dicas

Muito bem, sabendo que existe Hipnose boa e Hipnose ruim, você pode se perguntar como usar isso a seu favor.

Então não se preocupe que além de todo este conhecimento que você tem agora, ainda separamos mais 3 dicas para você aproveitar.

Veja as 3 dicas em seguida:


1ª Aprofunde seu conhecimento

Assim como diz a frase: “o único problema de não se interessar por política é ser governado por aqueles que se interessam” com a Hipnose é a mesma coisa.

Isso significa que quanto menos você souber sobre ela mais ela vai controlar você, por outro lado, quanto mais você conhecer sobre ela, mais vai conseguir usar as Hipnoses a seu favor.

Sendo assim separamos aqui 3 matérias valiosas para você:

  1. O que é Hipnose e como ela funciona.
  2. Relavância perceptiva – Um fator chave para o seu sucesso
  3. Projeto Maslow e a Hipnose para Viver Bem na prática

Além disso, caso queira se aprofundar ainda mais no assunto veja aqui 7 livros sobre Hipnose que nós indicamos.


2ª Comece a usar a Auto-Hipnose a seu favor

Como você viu no exemplo da Auto-Hipnose negativa vivida por Cristina, a Auto-Hipnose também nos afeta.

Sabendo que temos a Hipnose boa e a Hipnose ruim, já está mais que na hora de você começar a se auto-hipnotizar positivamente, é realmente incrível o que é possível fazer com a Auto-Hipnose.

Para saber mais e começar a usar a Auto-Hipnose em sua vida deixamos 2 indicações:

Fazer Auto-Hipnose pode ser o que faltava para você destravar sua vida e colher frutos que sempre desejou.


3ª Use a Hipnoterapia

Se você estiver vivendo um momento difícil emocionalmente ou sente que precisa mudar seu estilo de vida, mas, não está conseguindo sair do lugar, é possível que você esteja preso em uma Hipnose ruim.

Nestes casos a terapia com a Hipnose é indicada para que você consiga reverter essa situação.

Além de superar sua dificuldade, na hipnoterapia você aprende sobre a Hipnose e passa a ser uma pessoa que dribla as Hipnoses ruins e cria Hipnoses boas na sua vida, bem como na das pessoas que compartilham a vida com você.

Nós do Portal Hipnose para Viver Bem atendemos pessoas de todo o Brasil e exterior com nossa metodologia única de terapia com Hipnose.

Para saber mais e ver depoimentos acesse: Hipnose para Viver Bem Online

É realmente incrível o que podemos fazer a um clique de distância.


Hipnose boa e Hipnose ruim – Conclusão

Como você pode ver ao longo desta matéria, Hipnose boa e Hipnose ruim fazem parte de nossas vidas, entretanto, com conhecimento podemos superar as Hipnoses ruins, além disso, fazer com que as boas Hipnoses sejam cada vez mais abundantes.

Esperamos por meio dessa matéria você possa usar este conhecimento a seu favor.

Caso tenha alguma dúvida ou quer que abordemos algum assunto, deixe o seu comentário no fim desta matéria.

Fique a vontade para seguir nosso canal do YouTube onde disponibilizamos gratuitamente áudios de Hipnose Guiada para contribuir em sua vida.

Um grande abraço e até logo!


0 comentários

Deixe seu comentário