O que são Crenças Limitantes e Crenças Fortalecedoras

Por Equipe HPVB em

O que são Crenças Limitantes e Seus Efeitos | Hipnose para Viver Bem

Neste artigo vamos dividir com você uma visão a respeito das crenças limitantes, mas, vamos começar pelo começo.

Você sabe o que é Crença?

Crença – substantivo feminino

Estado, processo mental ou atitude de quem acredita em pessoa, ou coisa.

Podemos dizer que crenças são ideias que você viu ou ouviu e tomou como verdade para você. Então, quando você verdadeiramente acredita em algo, aquilo se torna uma crença para você!

O que são Crenças Limitantes e Seus Efeitos | Hipnose para Viver Bem

As crenças funcionam de maneira similar a um ímã, ou seja, elas têm poder de atração.

Quando você acredita em algo, aquilo se torna real para você.

Certo?

Por isso devemos tomar cuidado com o que acreditamos e consequentemente o que esta crença atrai.

Continue lendo para entender porque a vida é ruim para aqueles que acreditam que a vida é ruim.


Tome cuidado com suas Crenças Limitantes

Nem tudo na vida são flores assim como, nem todas nossas crenças são boas.

Quando falamos de crenças limitantes, estamos falando de ideias, pensamentos ou atitudes, que você acredita, mas, o fato de você acreditar nelas limita sua evolução.

São as crenças que te impedem de ir além.

Aquelas crenças normalmente generalizadas que impedem você de atingir o seu objetivo.


Exemplos de crenças limitantes comuns:

  • Não tenho tempo para nada;
  • Não sou bom o suficiente;
  • Isso é impossível de aprender;
  • Não tenho dinheiro para nada;
  • Nunca serei feliz;
  • Eu não mereço isso ou aquilo;
  • Não vou conseguir bater a meta;
  • Não nasci para isso;
  • Eu não posso “…”;
  • Não consigo fazer “…”;
  • Sou muito velho ou sou muito novo para isso;
  • Os outros precisam mudar para minha vida melhorar;

O Perigo das Crenças Limitantes

Em resumo, o perigo das crenças limitantes está no fato de que uma vez implantadas a mente fará de tudo para manter a coerência e respeitar a crença instalada.

Isso acontece, porque o nosso cérebro não consegue analisar as situações de forma totalmente racional, então, para economizar energia e respeitar a crença instalada, ele descarta informações, manipula raciocínios e até inventa coisas que não existem.

De acordo com Suzana Herculano-Houzel, neurocientista da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)* “São efeitos colaterais do funcionamento normal do cérebro”*.

Nossa mente é como uma fábrica de pensamentos, quando você cria uma crença limitante, é como se você obrigasse os operadores da fábrica a seguir aquela nova regra.

Os trabalhadores da fábrica são muito obedientes e sempre respeitam as regras dadas pelo seu chefe (ou seja: você).


Cuidado com as regras que você instaura em sua fábrica!

Por exemplo: Maria teve em determinada semana uma sequência de experiências que classificou como ruins.

Após essa semana difícil, Maria então passa a afirmar diariamente que a vida é ruim.

Imagine que a crença “A vida é ruim” é como um chip, assim como um programa que foi instalado com sucesso na mente de Maria.

A partir de então para economizar energia e respeitar a força que as crenças têm em nossa vida, a mente de Maria irá focar no lado ruim da vida.

Assim os trabalhadores da fábrica de pensamentos da Maria vão trabalhar dia e noite para provar que Maria está certa ao dizer que a vida é ruim.

Eles dirão que o dia está muito quente, que o transporte público não funciona, que o marido não ajuda em casa, que o lixo está fedido, etc.


O que são crenças fortalecedoras?

No nado contrário das crenças limitantes, temos as crenças fortalecedoras.

Então, o que são essas crenças fortalecedoras?

É muito simples, crenças fortalecedoras são aquelas que te impulsionam, te fortalecem.

São crenças que te ajudam a conquistar seus objetivos, aquelas que quando surgir um desafio, te fortalecem ao invés de te limitar.


Exemplos de Crenças Fortalecedoras

  • Todos os dias, sob todos os pontos de vista vou cada vez melhor (sugestão do Método de Coué – clique aqui e saiba mais);
  • Eu acredito na minha capacidade;
  • Ainda não sei X, mas vou me dedicar e aprender X;
  • Eu crio a minha própria realidade;
  • Meu passado não determina meu futuro;
  • Eu consigo X;
  • Eu me amo, respeito e honro meu corpo;

Crença Boa x Crença Ruim

De fato, não existem crenças boas ou crenças ruins (de maneira geral), pois, depende do contexto onde ela está inserida.

Usamos as crenças para dar sentido ao mundo, sendo assim, elas nos motivam ou nos impedem de ir além.

De fato a todo momento formamos novas crenças, fortalecemos, transformamos e também ressignificamos nossas crenças.

Nenhuma crença é ruim ou boa, por isso, precisamos avaliar de forma dissociada, quais são crenças limitantes e quais são crenças fortalecedoras.

Pergunte-se:


Quais crenças me ajudam e quais me atrapalham nesta determinada situação?

Precisamos tomar consciência disso para assim, buscar a evolução.


Tipos de Crenças com base na origem

Existem vários tipos de crenças. Podemos dividi-las em três grupos principais:

  1. As Crenças hereditárias
  2. A do tipo Crenças sociais
  3. E as Crenças pessoais

Falaremos delas aqui abaixo.


Crenças Hereditárias:

São aquelas que tem origem na sua família, pois são caracterizadas por frases ditas por familiares, como: “você é burro”, “seu irmão é melhor que você” ou “você não faz nada direito”.

Essas frases, escutadas principalmente na infância acabam sendo interiorizadas e carregadas pelo resto da vida. O mesmo vale para frases motivacionais e positivas.


Crenças Sociais:

As chamamos de crenças sociais, pois, são aquelas ideias impostas pela mídia ou sociedade, que ouvimos e acabamos internalizando e generalizando.

Frases como: “o mundo é perigoso”, “somente mulheres magras são bonitas”, “não confie nas pessoas”, “trabalhar é ruim”, entre outras.


Crenças Pessoais:

São crenças criadas a partir da experiência pessoal daquele indivíduo, ela pode ter origem social ou hereditária, entretanto, tem como característica se tornar crença a partir de uma experiência de vida. Exemplo: um jovem que não passa no vestibular de primeira e desenvolve a crença de que não é capaz.


É possível substituir crenças limitantes por crenças fortalecedoras

A boa notícia é que você pode alterar e transformar as crenças limitantes que estão atrapalhando sua vida.

Com a hipnose você pode superar suas crenças limitantes e criar uma realidade completamente nova, afinal, a hipnose facilita a aprendizagem.

Na prática, “aprender a pensar” de maneira diferente pode trazer mais felicidade, alegrias e realizações na sua vida.

Para conhecer nossos atendimentos basta acessar aqui.


0 comentários

Deixe seu comentário